Pesquisa em bases de dados bibliográficos na área da saúde

Mais do que conhecer as bases de dados de pesquisa em saúde, as ferramentas de busca e os operadores booleanos, o Curso de Pesquisa em bases de dados bibliográficos na área da saúde oferecido por Pedro Reiz Centro de Treinamento e Formação permite ao pesquisador acesso às fontes de informação em saúde para formar a bibliografia relacionada à pesquisa científica. Ou seja, ao término do curso o pesquisador tem à disposição a literatura pertinente à pesquisa (artigos científicos), bem como adquiriu ou aperfeiçoou habilidades para realizar outras pesquisas nas bases de dados.

Programa do Curso de Pesquisa em bases de dados bibliográficos na área da saúde:
• O que são as bases de dados?
• Terminologia em saúde
• Acesso às bases de dados bibliográficos
• Estratégias de busca de artigos científicos relacionados à pesquisa científica
• Como utilizar os operadores booleanos
• Medical Subject Headings (MeSH Vocabulary)
• O que é DeCS (Biblioteca Virtual de Saúde) e o MeSH (PubMed). Como utilizá-los
• Como localizar os descritores adequados para a recuperação de artigos científicos da área da saúde
• Desenvolver estratégias com os termos do MeSH e do DeCS
• O que são os qualificadores e como utilizá-los
• Quando utilizar o Google Acadêmico
• Evidências disponíveis nas bases de dados
• Como selecionar os artigos científicos nas bases de dados MEDLINE, LILACS, Cochrane e SciELO, ScienceDirect, entre outras.
• Selecionar a literatura médica publicada
• Informática como ferramenta de busca de informações na pesquisa médica
• Critérios de inclusão e exclusão dos artigos científicos na bibliografia
• Vantagens e desvantagens dos softwares de gestão bibliográfica, tais como: Citation Machine, CiteUlike, EndNoteWeb, JabRef, Mendeley e Zotero

Nosso diferencial:

Muitas vezes, o pesquisador perde muito tempo na seleção de artigos científicos nas bases de dados PubMed e BVS, por exemplo, que não estão alinhados ao Tema de pesquisa. O propósito do Curso de Pesquisa em bases de dados bibliográficos na área da saúde é tornar o pesquisador hábil na formação de bibliografia para também evitar o acúmulo de Referências que causam prejuízos financeiros, inclusão de artigos desnecessários, leituras e releituras que, em vários casos, inviabilizam o andamento do projeto. 

Por ser individual e personalizado, no Curso de Pesquisa em bases de dados bibliográficos na área da saúde o pesquisador adquire autonomia para manipular as ferramentas de pesquisa das bases de dados, tem a oportunidade de fazer o levantamento bibliográfico, identifica e utiliza os decritores DeCS e MeSH mais adequados, emprega qualificadores e aplica estratégias de busca de artigos científicos nas principais bases de dados na área da saúde relacionado ao Objetivo e Método, pois muitos pesquisadores se perdem na redação de teses e manuscritos ao inserirem artigos científicos inadequados.

O Curso de Pesquisa em bases de dados bibliográficos na área da saúde na modalidade individual é ministrado em nossas instalações: Rua Domingos de Morais, 2102, conj.34 - Vila Mariana (Metrô Vila Mariana - saída Madre Cabrini
E mais...

• Material didático exclusivo.
• Certificado.
• Completa infraestrutura: recepção, coffee break, wireless, sala climatizada e datashow.
• Exercícios e atividades práticas.
• Treinamentos que propiciam rápidos resultados.
• Suporte operacional completo.
• Centenas de pesquisadores treinados de diversas universidades, laboratórios, grupos de pesquisa e de outras instituições brasileiras.
• Desde 2002, contribuindo para a formação de pesquisadores.

Indicação bibliográfica:
Reiz, Pedro. Manual de técnicas de redação científica. 4 ed. São Paulo: Editora Hyria, 2017.

_____. Redação científica moderna. 2 ed. São Paulo: Editora Hyria, 2017.

_____. Caderno de exercícios do Manual de técnicas de redação científica. São Paulo: Pedro Reiz Centro de Treinamento e Formação, 2011.

Horário do curso de pesquisa em bases de dados: de segunda a sexta, das 9h às 20h45.
Carga-horária: 3 horas
Investimento: R$350
Público-alvo: pesquisadores e profissionais apenas da área da saúde.